1998 – A Máquina de Somar

 

Marco do expressionismo nos EUA, A Máquina de Somar foi escrita em 1923 pelo dramaturgo Elmer Rice e nunca havia sido encenada no Brasil. Apresenta as angústias e os impasses do contador Sr. Zero, que mata seu chefe quando descobre que será demitido e substituído por uma calculadora, após 25 anos de serviço. Obsoleto, o desempregado é julgado, condenado à morte e executado, ascendendo aos Campos Elísios – de onde também acaba expulso, por falta de espaço. A peça teve mais de 80 apresentações, ao longo de dois anos.

 

Ficha Técnica

Texto: Elmer Rice

Adaptação: Iná Camargo Costa e Márcio Boaro

Direção: Alexandre Mate (1998), Márcio Boaro (1999)

Elenco: Daniele Riccieri, Liliana Junqueira, Márcio Boaro, Mônica Raphael, Nelson Galvão, Ricardo Agostinho, César Figueiredo, Andreia Soares, Klauss de Paula, Fernanda Stefanski, César Albanese, Andréa Dantas, Francisquin